Acidente com barco mortal na cidade-sede da Copa do Mundo da Rússia

12 junho 2018
(Foto: Ministério de Emergências da Rússia)
(Foto: Ministério de Emergências da Rússia)

Onze pessoas em um cruzeiro no rio morreram quando seu barco colidiu com um rebocador na noite de segunda-feira na cidade russa de Volgograd, que recebe partidas da Copa do Mundo de futebol, segundo os serviços de resgate.

Os serviços de emergência foram notificados na segunda-feira, aproximadamente, às 22h (horário de Brasília) de que os navios haviam colidido no rio Volga, a cerca de 250 metros da margem do rio.

Havia 16 pessoas a bordo da embarcação de recreio, todas russas, disse a agência de notícias RIA citando a administração local.

Cinco pessoas foram resgatadas e três dos sobreviventes estavam no hospital, segundo o site do governador regional Andrei Bocharov.

Uma investigação foi aberta sobre a causa da colisão. De acordo com o canal de TV estatal Rossiya-24, a embarcação de passageiros estava sobrecarregada e suas luzes estavam apagadas quando a colisão aconteceu.

Volgogrado, conhecido como Stalingrado entre 1925 e 1961 e sede da maior e mais sangrenta batalha da Segunda Guerra Mundial, sediará partidas da primeira fase da Copa do Mundo envolvendo Inglaterra, Tunísia, Nigéria, Islândia, Arábia Saudita, Egito, Japão e Polônia.

O primeiro é o jogo de 18 de junho entre a Inglaterra e a Tunísia.


(Reportagem de Vladimir Soldatkin, Christian Lowe e Maria Kiselyova; Edição de Peter Graff)

Categorias: Acidentes, Acidentes, Navios de passageiros, Salvamento, Segurança marítima