BC Ferries encomenda balsa movida a GNL

3 fevereiro 2020

A BC Ferries adjudicou à Remontowa Shipbuilding SA um contrato para construir uma embarcação adicional a gás natural liquefeito (GNL) programada para entrar em serviço nas Ilhas do Golfo do Sul em 2022. Esta embarcação será idêntica às três embarcações da classe Salish construídas pela Remontowa para BC Ferries em 2016.

“Nosso Plano de Futuros Limpos é o nosso caminho para substituir os combustíveis diesel por opções de energia limpa. Embora isso não possa ser alcançado em uma única etapa, estamos buscando continuamente fontes de energia que ofereçam uma opção mais limpa e com menor intensidade de carbono para substituir o diesel não renovável ”, disse o capitão Jamie Marshall, vice-presidente de desenvolvimento de negócios e inovação da BC Ferries. "Na nossa jornada para um futuro sustentável, a adoção de GNL é uma maneira de reduzir nosso impacto no meio ambiente hoje. Essa nova embarcação será o sexto navio movido a gás natural".

O contrato com o construtor naval polonês Remontowa é um contrato de construção fixa e preço fixo que fornece à BC Ferries garantias substanciais relacionadas a datas de entrega, critérios de desempenho, segurança de custos e qualidade de construção, disse o operador da costa oeste do Canadá. O orçamento total do projeto, que inclui custos de financiamento e gerenciamento de projetos, é de aproximadamente US $ 92,3 milhões.

A embarcação de 107 metros da classe Salish terá capacidade para transportar pelo menos 138 veículos e até 600 passageiros e tripulantes. Isso permitirá a retirada da Mayne Queen, uma embarcação a diesel. O navio será alimentado por três motores Wartsila e propulsado eletricamente pelos propulsores Schottel em cada extremidade, impulsionado por uma usina elétrica a gás eficiente. As comodidades a bordo incluem um café Coastal, loja de passagens Passages, área de recreação infantil e um lounge para passageiros.

O navio terá vários recursos importantes que apoiam o objetivo da BC Ferries de ser eficiente e ambientalmente responsável em todo o sistema. Os destaques dos navios da classe Salish incluem:

O uso de gás natural como combustível primário que reduz as emissões de GEE em 15% a 25%, reduz os óxidos de enxofre em mais de 85%, reduz os óxidos de nitrogênio em mais de 50% e quase elimina as partículas

Propulsão elétrica que elimina caixas de engrenagem e eixo

Hélices duplas que reduzem a cavitação

Casco projetado para esteira muito pequena

Revestimento avançado do casco que reduz a perturbação do fluxo e a lixiviação ambiental

Sistema de gerenciamento de motor que reduz o funcionamento das máquinas

Montagem resiliente do motor que isola o ruído causado pela estrutura

Solicitação de manifestações de interesse (RFEOI) para a construção de embarcações para os principais estaleiros do Canadá e do mundo em julho de 2018. No período que antecedeu esse processo, a BC Ferries aumentou a conscientização sobre o próximo concurso para os estaleiros canadenses em fóruns como a Canadian Ferry Association, a Association of British Columbia Marine Industries e outros eventos da indústria local e nacional. Estaleiros canadenses foram convidados a participar do processo de licitação.

A BC Ferries recebeu respostas de 16 estaleiros internacionais e de cursinhos pré-selecionados para avançar para o estágio de Solicitação de Proposta (RFP). Nenhuma empresa canadense apresentou uma oferta. A Remontowa Holding é o maior grupo de capital de construção naval da Polônia e líder do setor industrial da região, incorporando 25 empresas.

Categorias: Construção naval, Contratos, Ferries, Ferries, Navios de passageiros