Primeira balsa a bateria do Fjord1 é batizada em Havyard

Aiswarya Lakshmi15 maio 2018
Foto: Havyard Group
Foto: Havyard Group

O construtor naval norueguês Havyard batizou a primeira balsa a bateria encomendada pela empresa de transporte Fjord1. A cerimônia de batismo de MF Husavik foi realizada no pátio em Leirvik, em Sogn, em 14 de maio.

"A Havyard atendeu a alguns requisitos ambientais rigorosos e ganhou um total de 13 contratos para a entrega de equipamentos e para a construção de balsas a bateria do Fiorde 1", disse o construtor naval em comunicado à imprensa.

O primeiro navio da série, Bnr 132 MF Husavik, foi batizado na segunda-feira, 14 de maio, durante uma cerimônia no pátio em Leirvik, em Sogn.

A MF Husavik irá operar o serviço de Husavik-Sandvikvåg no condado de Hordaland (município de Austevoll e município de Fitjar) e é o primeiro de muitos ferries a bateria com funcionalidade de autocrossing que será construído para o Fjord 1 na Havyard Ship Technology em Leirvik.

O sistema Autocross, desenvolvido e entregue pela Norwegian Control Systems (NCS), calcula o rumo e a velocidade, bem como a aceleração e o retardo, que resultam no cruzamento mais eficiente e econômico. Correntes, vento e outros fatores também são levados em consideração. O sistema de autocross é monitorado pelo capitão, que pode assumir o controle manual, se necessário.

A NCS também está fornecendo o sistema de alarme integrado (IAS), a ponte Bridge Concept e o Power Management System. Os requisitos muito rigorosos para o relato ambiental das operações de balsa foram implementados no sistema total, que também se comunicará com os sistemas de carregamento onshore para garantir um ciclo de carregamento seguro e eficiente.

O sistema de propulsão foi entregue pela Norwegian Electric Systems (NES) e a entrega inclui sistemas de baterias, geradores, painéis CC com conversores, painéis AC, sistema de carregamento, transformadores e software. A tecnologia da NES inclui o Odin's Eye, que foi projetado para garantir uma transferência de energia segura e eficiente entre os dois sistemas DC da embarcação.

"É uma balsa impressionante e estamos muito felizes com o resultado", disse Dagfinn Neteland, diretor executivo da Fjord1.

Representantes do Fjord1 e funcionários do pátio participaram da cerimônia de batismo. A prefeita de Hordaland, Anne Gine Hestetun, é a madrinha da balsa. Após o batismo, houve um evento de navio aberto para todos que quiseram dar uma olhada mais de perto na balsa.

"É bom ter começado", disse Lasse Stokkeland, vice-presidente executivo da Havyard Ship Technology AS. "A competição por essas missões foi difícil, e é muito motivador testemunhar o batismo de nossa primeira balsa movida a bateria que está quase pronta para ser entregue.

"Agora vamos manter o foco total na entrega de todas as outras balsas no prazo e no orçamento também, e com a mesma boa qualidade", disse Stokkeland.

Categorias: Construção naval, Energia, Ferries, Ferries, Navios de passageiros, Unidades híbridas