Tintas da MOL negociam com MHI para balsas alimentadas a GNL

27 dezembro 2019
Comparado ao óleo combustível marinho convencional, as emissões de CO2 por unidade de capacidade de calor devem ser reduzidas em mais de 20%, sem praticamente nenhuma emissão de SOx. Imagem: MHI
Comparado ao óleo combustível marinho convencional, as emissões de CO2 por unidade de capacidade de calor devem ser reduzidas em mais de 20%, sem praticamente nenhuma emissão de SOx. Imagem: MHI

A Mitsubishi Shipbuilding Co., Ltd. assinou um contrato com a Mitsui OSK Lines (MOL) para construir duas balsas movidas a GNL, o primeiro projeto desse tipo no Japão. Essas embarcações serão construídas no Shimonoseki Shipyard & Machinery Works, com entregas programadas para o final de 2022 até o início de 2023. A Ferry Sunflower Limited, com sede em Oita, operará as balsas em sua rota Osaka-Beppu.

As balsas terão cerca de 199,9m de comprimento e 28,0m de largura, com uma tonelagem bruta de aproximadamente 17.300 toneladas. Eles terão capacidade máxima prescrita para 763 passageiros e capacidade de carga para cerca de 136 caminhões de 13 metros e 100 automóveis de passageiros. A principal usina será um motor bicombustível de alto desempenho capaz de operar com gás natural liquefeito (GNL) e óleo pesado do tipo A, o primeiro para uma balsa japonesa. Esses motores fornecerão desempenho ambiental excepcional, com uma redução de 20% nas emissões de dióxido de carbono (CO2) em comparação com os navios existentes e praticamente eliminando as emissões de óxido de enxofre (SOx), reduzindo a carga ambiental.

A capacidade de carga de caminhões também aumentou significativamente em comparação com as embarcações existentes, com um salão de motorista expandido e mais área por passageiro. As balsas atenderão à necessidade de uma mudança modal no transporte e representarão uma evolução no cruzeiro casual, com espaços públicos relaxados e abertos, incluindo um banheiro e restaurante expandidos e um átrio que se estende por três andares.

Categorias: Construção naval, Ferries, Ferries, GNL, Tecnologia