Hyundai Heavy procura adquirir o DSME

Laxman Pai31 janeiro 2019
Editorial: Indústrias pesadas de Hyundai
Editorial: Indústrias pesadas de Hyundai

Os construtores navais "Big Three" da Coréia do Sul podem em breve se tornar os "Big Two". A Hyundai Heavy Industries (HHI), da Coréia do Sul, manifestou interesse em comprar seu rival Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering (DSME), informou a mídia local.

O maior construtor naval do mundo planeja comprar uma participação majoritária na segunda posição do rival Coréia do Banco de Desenvolvimento (KDB), informou o WSJ citando pessoas diretamente envolvidas no assunto.

A medida consolidaria a posição da HHI como a maior construtora naval sul-coreana e criaria um novo gigante do setor.

De acordo com o relatório, uma fusão entre os dois maiores estaleiros do mundo está sendo trabalhada há cerca de um ano. O KDB tem repetidamente resgatado o pátio enfermo e há muito tempo está ansioso para descarregar a estaca DSME.

Depois de uma série de resgates do governo e conversões de dívida por capital, seu maior credor tornou-se seu maior acionista. O KDB agora possui uma participação majoritária de 55,7% no DSME.

A Hyundai Heavy submeteu uma carta de intenção ao KDB para comprar uma participação na Daewoo, informou o provedor de notícias on-line Yonhap, citando o governo. Espera-se que o KDB considere a oferta formal do HHI em uma reunião do conselho marcada para 31 de março.

A indústria de construção naval da Coreia há muito tempo mantém o sistema Big Three e concentrou-se em três construtores navais, incluindo HHI, DSME e Samsung Heavy Industries (HHI).

No entanto, como a indústria de construção naval continua a enfrentar a crise de excesso de oferta, foi apontado que ela deveria ser reestruturada no sistema Big 2. Uma combinação de DSME e HHI estaria melhor posicionada para competir com rivais chineses, especialmente os conglomerados estatais CSSC e CSIC.

Categorias: Atualização do governo, Atualização do governo, Construção naval, Finança, Fusões e Aquisições, Legal